Obama promete ação audaciosa para enfrentar crise e guerra

WASHINGTON - Barack Obama se tornou o primeiro presidente negro dos Estados Unidos na terça-feira e prometeu uma ação audaciosa e firme para lidar com o que ele chamou de crise causada por duas guerras e de uma economia enfraquecida.

Reuters |

"Hoje, eu digo a vocês que os desafios que enfrentamos são reais, eles são sérios e são muitos", disse Obama em seu discurso inaugural, após prestar juramento como o 44o presidente dos Estados Unidos.

"Eles não serão resolvidos facilmente ou em pouco tempo. Mas saiba disso, América, eles serão resolvidos", disse, no discurso proferido nos degraus do Congresso dos EUA.

Obama, democrata que assume a Presidência depois de dois mandatos do republicano George W. Bush, disse que a crise econômica que assola o país é resultado de "ganância e irresponsabilidade de algumas pessoas" e prometeu manter-se atento para garantir que o mercado não saia ao controle.

"O estado da economia exige uma ação firme e audaciosa e nós vamos agir", afirmou.

Ele também prometeu retirar as forças norte-americanas do Iraque de forma responsável e avançar com a paz no Afeganistão, além de encontrar uma nova maneira de amplar as relações com os muçulmanos.

Mas Obama também alertou àqueles que empreendem o terrorismo no mundo que a determinação dos Estados Unidos continua forte.

"Dizemos a vocês agora que o nosso espírito é forte e não pode ser quebrado. Vocês não podem nos derrubar e nós vamos derrotá-los".

Análises

Opinião

Leia também:

Galerias de fotos

Vídeos

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG