Obama pedirá US$ 33 bi adicionais para guerra no Afeganistão

WASHINGTON - O presidente dos EUA, Barack Obama, pedirá ao Congresso dos EUA nesta segunda-feira US$ 33 bilhões adicionais para o ano fiscal de 2010 com objetivo de financiar o aumento de tropas do país no Afeganistão, informou a Casa Branca.

iG São Paulo |

Obama anunciou em dezembro que enviará mais 30 mil soldados dos EUA para se juntarem aos 68 mil que combatem o Taleban na guerra do Afeganistão.

AFP
Funcionário organiza as cópias da proposta de Orçamento de Obama

Funcionário organiza as cópias da proposta de Orçamento de Obama

O pedido de US$ 33 bilhões se soma aos cerca de US$ 130 bilhões de dólares que o Congresso já aprovou para ser usado no conflito até 30 de setembro.

A proposta de Orçamento de Obama será anunciada oficialmente às 13 horas (horário de Brasília) e também incluirá um pedido de US$ 159,3 bilhões para as guerras no Iraque e no Afeganistão para o ano fiscal de 2011, que começa em 1º de outubro.

Orçamento total

A Casa Branca anunciou nesta segunda-feira que Obama apresentará um projeto de Orçamento para o próximo exercício (outubro 2010-setembro 2011) de US$ 3,834 trilhões de dólares, o que representa uma alta de 3% nos gastos.

Além disso, o projeto de orçamento apresentará um déficit de US$ 1,267 trilhão de dólares, uma queda de 19% em consequência de um aguardado aumento da arrecadação fiscal.

O plano de Orçamento tem como principal objetivo cortar gastos públicos e estimular a geração de empregos. Por causa disso, deve engavetar o projeto americano de voltar à Lua até 2020.

Para atingir seu grande desafio de reduzir o déficit público do país, que chegou à marca recorde de US$ 1,4 trilhão (R$ 2,6 trilhões), o plano deve cortar US$ 250 bilhões (R$ 468,5 bilhões) de gastos previstos anteriormente. Ao mesmo tempo, ele terá de estimular a geração de vagas de trabalho já que a taxa de desemprego no país chegou a 10%.

Na semana passada, em discurso ao Congresso americano, Obama qualificou a geração de emprego como sua prioridade número um.

"As pessoas estão sem trabalho. Elas estão sofrendo. Elas precisam de nossa ajuda. E eu quero um projeto para gerar empregos na minha mesa sem demora (...) Empregos devem ser nosso foco número um em 2010", declarou.

Com esse objetivo de reduzir o desemprego, o presidente deve estimular gastos em tecnologias verdes, cujo objetivo é preservar o meio ambiente, e aumentar os recursos destinados aos setores de educação e defesa.

O projeto de orçamento de Obama, que começa a valer em outubro deste ano, precisa ainda ser aprovado pelo Congresso americano.

*Com AFP, BBC Brasil e Reuters

Leia mais sobre: Obama - EUA

    Leia tudo sobre: afeganistãoobamaorçamento eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG