Obama pede US$ 42,7 bilhões à segurança nacional em orçamento

Washington, 26 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje ao Congresso um total de US$ 42,7 bilhões para o ano fiscal 2010, que serão destinados à área de segurança nacional, o que inclui o reforço da vigilância da fronteira.

EFE |

A solicitação está incluída em um resumo do projeto de orçamentos enviado ao Congresso hoje pelo líder americano, e o documento final será entregue em abril, segundo a Casa Branca.

Obama apresentou sua solicitação em um momento em que a titular do Departamento de Segurança Nacional, Janet Napolitano, ordenou uma revisão total das ações das 22 agências que integram a divisão federal, incluindo as relacionadas com as operações, a detenção e deportação de imigrantes ilegais.

Napolitano se comprometeu a entregar ao Congresso um relatório completo sobre as mudanças que fará nas políticas do departamento.

O valor apresentado hoje, que precisa da aprovação do Congresso e pode ser submetido a alterações por parte do Legislativo, supera em US$ 2,6 milhões o solicitado neste ano fiscal.

A verba será alocada em gastos para a segurança nos portos, ao sistema de transporte, às fronteiras e à infraestrutura do ciberespaço nos setores público e privado.

Dos US$ 42,7 bilhões, cerca de US$ 523 milhões serão utilizados para fortalecer a vigilância nas fronteiras e a fazer cumprir as leis migratórias no interior do país.

Obama solicitou ainda US$ 355 milhões para a segurança da infraestrutura cibernética nos setores público e privado, e US$ 36 milhões para melhorar as tecnologias para detectar todo tipo de ameaças biológicas. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG