rapidamente - Mundo - iG" /

Obama pede que Turquia e Armênia cheguem a um acordo rapidamente

O presidente norte-americano, Barack Obama, reuniu-se nesta segunda-feira em Istambul com os ministros das Relações Exteriores turco e armênio, e pediu que cheguem rapidamente a um acordo para normalizar as relações entre seus países, disse um alto funcionário norte-americano.

AFP |

Obama se reuniu com o turco Ali Babacan e com o armênio Eduard Nalbandian durante uma recepção no palácio de Dolmabahçe, às margens do Bósforo, em honra aos convidados do Fórum da Aliança de Civilizações, instituição criada para fomentar o diálogo intercultural.

O presidente, em visita de dois dias à Turquia, reuniu-se com os líderes para abordar a normalização das relações e para "pedir que cheguem rapidamente a um acordo", declarou esta fonte, que solicitou o anonimato.

Anteriormente, durante uma entrevista coletiva à imprensa, Obama disse que mantinha a sua convicção de que o massacre de armênios cometido pelo Império Otomano devia ser classificado de genocídio, mas preferiu ressaltar a importância dos contatos atuais entre Turquia e Armênia.

Ambos os países não mantêm relações diplomáticas.

A Turquia se nega a admitir a classificação de genocídio para as matanças de armênios cometidas pelo Império Otomano entre 1915 e 1917.

col-nc/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG