políticas de medo sobre reforma na saúde - Mundo - iG" /

Obama pede apoio popular contra políticas de medo sobre reforma na saúde

Washington, 15 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje o apoio popular para resistir às políticas de medo e divisão da oposição contra sua reforma sanitária e que utiliza sua influência para tentar impedir sua aprovação este ano.

EFE |

Em uma assembleia popular em Grand Junction, no estado de Colorado, que contou com a presença de 1.600 pessoas, Obama destacou que os EUA "estão mais próximo que nunca" de conseguir a reforma e, por isso, a luta daqueles que a rejeitam "está sendo tão feroz", com protestos, cartazes com ameaças e anúncios contra do plano.

O Congresso debaterá a reforma a partir do dia 8 de setembro, quando os legisladores retomarem os trabalhos após o recesso de agosto.

O plano da Casa Branca busca, em linhas gerais, mudar as regras que regem os seguros médicos, ampliar a cobertura aos ao redor de 46 milhões de pessoas que não têm a garantia e reduzir as despesas, sem aumentar o já estratosférico déficit público. EFE cai/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG