Washington, 27 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje ao Congresso para continuar a discutir a reforma do sistema de saúde, apesar dos democratas terem perdido a maioria absoluta no Senado, que garantia sua aprovação.

"Não vamos abandonar a reforma. Não agora. Não quando estamos tão perto. Vamos encontrar uma via para nos unir e completar o trabalho em benefício do povo americano", disse Obama durante o esperado discurso sobre o Estado da União. EFE mv/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.