LAquila (Itália), 9 jul (EFE).- O líder dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje ajuda ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para pressionar o Irã para que este renuncie a um programa nuclear com fins militares, informou a Casa Branca.

Os dois líderes se reuniram hoje por 30 minutos, à margem da Cúpula do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais desenvolvidos e a Rússia) que acontece na cidade italiana de L'Aquila, em um encontro no qual abordaram a situação no Irã, o golpe de Estado em Honduras, a crise econômica, a energia e a mudança climática.

Segundo o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, Obama explicou a Lula que os EUA contam com o Brasil, que mantém boas relações comerciais com o Irã, para ajudar a convencer a República Islâmica a renunciar a um programa nuclear com fins militares.

Segundo Gibbs, Obama disse a Lula que essas boas relações concedem ao Brasil uma oportunidade única para reiterar a posição do G8 acerca do Irã.

Em sua reunião, Obama também expressou a Lula seu agradecimento pela coordenação do Brasil e de outros países no continente para buscar uma solução diplomática em Honduras, de modo que o deposto presidente Manuel Zelaya volte ao poder.

Sobre a mudança climática, os dois países decidiram manter a cooperação para buscar um maior consenso entre os países diante da reunião sobre o tema em Copenhague, em dezembro. EFE mv/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.