Obama pede ajuda a civis afetados por confrontos no Sri Lanka

Washington, 13 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje aos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE, em inglês) que libertem os civis presos no norte da ilha, e exigiu que o Governo coloque fim aos bombardeios indiscriminados.

EFE |

Em declaração no jardim da Casa Branca, Obama assegurou que "sem medidas urgentes, esta crise humanitária poderia se transformar em uma catástrofe".

O presidente americano pediu ao Governo cingalês que permita a passagem dos equipamentos humanitários das Nações Unidas para que possam ajudar e evacuar os civis presos entre as partes em conflito.

Além disso, fez um apelo aos LTTE para que deponham as armas e permitam a evacuação dos civis.

Centenas de civis morreram durante os bombardeios dos últimos dias no nordeste do país, mas algumas fontes afirmam que o número de mortos pode superar os mil.

O Exército cingalês segue sua ofensiva contra os Tigres tâmeis, que resistem junto a 50 mil civis afetados pelos combates em uma faixa litorânea de quatro quilômetros quadrados no distrito de Mullaitivu, norte. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG