Obama pede a presidente chinês que corrija desequilíbrios comerciais

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, expressou nesta sexta-feira a seu colega chinês, Hu Jintao, o desejo de desenvolver relações mais positivas e construtivas, e insistiu na necessidade de corrigir os desequilíbrios comerciais, anunciou a Casa Branca nesta sexta-feira.

AFP |

Em sua primeira conversa telefônica desde a posse de Obama, em 20 de janeiro, os dois dirigentes também concordaram em cooperar sobre grandes temas internacionais, como os programas nucleares do Irã e da Coreia do Norte e o aquecimento global, declarou o porta-voz de Obama, Robert Gibbs, em comunicado.

Os dois presidentes "ressaltaram sua intenção de desenvolver relações mais positivas e construtivas", afirmou Gibbs.

lal/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG