Obama pede a Bush que libere US$ 350 bi do Tarp

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, pediu ao Congresso do país que libere a segunda metade dos US$ 700 bilhões previstos em um pacote para estimular a economia americana, atendendo a um pedido de Barack Obama, eleito seu sucessor.

BBC Brasil |

Obama disse que pediu a Bush para dar início à liberação dos US$ 350 bilhões do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (Tarp, na sigla em inglês) pois, em consultas com a comunidade empresarial e seus principais assessores econômicos, "ficou claro que o sistema financeiro, embora tenha melhorado em relação a setembro, ainda está frágil."

O presidente eleito, que toma posse no próximo dia 20, prometeu mudanças fundamentais em como a próxima fase do pacote de estímulo será implementada, dizendo que agora ele vai se concentrar em evitar a execução de hipotecas de mutuários inadimplentes, ajudar pequenas empresas e criar empregos.

A Casa dos Representantes do Congresso aprovou o plano para resgatar o setor financeiro americano em outubro do ano passado, depois de haver rejeitado uma versão anterior. O impacto da rejeição provocou uma queda acentuada de bolsas de valores em várias partes do mundo.

O Departamento do Tesouro injetou a primeira metade dos recursos do pacote principalmente em bancos em dificuldades, mas vários membros do Congresso ficaram insatisfeitos com a forma como o dinheiro vem sendo administrado.

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG