Obama passa ao Senado novos nomes para política com A.Latina

Washington, 9 jun (EFE).- O presidente Barack Obama enviou ao Senado para ratificação as nomeações de Carlos Pascual como próximo embaixador dos Estados Unidos no México, e do acadêmico Arturo Valenzuela como secretário de Estado adjunto para a América Latina.

EFE |

Pascual e Valenzuela aparecem na lista de dez nomeações que devem receber a confirmação do Senado, entre elas David Jacobson como embaixador americano no Canadá, e Ignacia Moreno, para o cargo de subfiscal-geral para assuntos do Meio Ambiente.

Obama nomeou oficialmente Pascual em 4 de junho, embora o Governo do México já tivesse dado seu apoio ao diplomata em abril passado.

Na atualidade, Pascual é vice-presidente e diretor do programa de política externa na instituição Brookings de Washington, onde supervisionou programas de pesquisa aplicada sobre América Latina, China, Ásia, Oriente Médio e Europa.

Sua nomeação e eventual confirmação no cargo acontece em um momento crítico para as relações bilaterais, enquanto EUA e México buscam aprofundar sua colaboração na luta contra o narcotráfico e a violência gerada na fronteira comum.

Obama propôs o nome de Valenzuela, um catedrático da Universidade de Georgetown, em 12 de maio.

Especialista em política latino-americana, antes de ocupar seu posto em Georgetown como diretor do Centro de Estudos Latino-americanos, Valenzuela foi professor de Ciências Políticas e Diretor do Conselho de Estudos Latino-americanos na Universidade de Duke.

Caso seja confirmado, Valenzuela substituiria no cargo Thomas Shannon, que foi nomeado durante o Governo George W. Bush. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG