O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu nesta segunda-feira que os países que insistirem em adquirir arsenal nuclear estarão condenados ao isolamento, em uma mensagem divulgada durante a conferência de revisão do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), iniciada em Nova York." /

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu nesta segunda-feira que os países que insistirem em adquirir arsenal nuclear estarão condenados ao isolamento, em uma mensagem divulgada durante a conferência de revisão do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), iniciada em Nova York." /

Obama: países que buscam armas atômicas ficarão isolados

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu nesta segunda-feira que os países que insistirem em adquirir arsenal nuclear estarão condenados ao isolamento, em uma mensagem divulgada durante a conferência de revisão do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), iniciada em Nova York.

AFP |

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu nesta segunda-feira que os países que insistirem em adquirir arsenal nuclear estarão condenados ao isolamento, em uma mensagem divulgada durante a conferência de revisão do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), iniciada em Nova York.

As grandes potências têm a opção de respeitar seus compromissos no que se refere ao material nuclear e, caso contrário, sua atitude será vista por todo o planeta, disse Obama. Além disso, "vamos ver se os países sem armas nucleares cumprem sua obrigação de renunciar" a elas, afirmou.

"A história mostra que os países que continuam nesse caminho são mais seguros e têm mais oportunidades como membros com direitos plenos na comunidade internacional".

Mesmo assim, Obama considerou que "os países que fazem pouco caso de suas obrigações encontram-se menos seguros, menos prósperos e mais isolados. É a opção que esses países têm".

Obama não mencionou nenhum país em particular. No entanto, sua mensagem foi divulgada depois de um duro discurso feito pelo presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, diante da ONU, que criticou Europa, Israel e Estados Unidos no que se refere ao tema nuclear.

"Nas próximas semanas, vamos ver se os países com armas nucleares vão respeitar suas obrigações com o TNP e avançar rumo à desnuclearização total", disse Obama.

"Hoje o mundo está olhando para nós. Durante as próximas semanas, cada um de nossos países terá a oportunidade de mostrar sua posição", completou.

col/chl/lb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG