Obama ofereceu a Moscou acordo sobre escudo antimísseis

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sugeriu em uma carta enviada ao colega russo, Dmitri Medvedev, a detenção da instalação do escudo antimísseis americano na Europa se Moscou ajudar Washignton a frear as ambições nucleares do Irã, informa o jornal New York Times.

AFP |

A carta de Obama, confidencial, foi entregue a Medvedev por "altos funcionários do governo" há três semanas, segundo o jornal.

Moscou manifestou oposição veemente durante anos ao plano do antecessor de Obama, George W. Bush, de instalar um sistema de defesa antimísseis na Polônia e na República Tcheca, por considerar o mesmo uma ameaça à Rússia.

Washington sempre rebateu as acusações e reiterou que o escudo era uma maneira de se proteger de países como o Irã.

"A oferta de acordo equivale a dizer 'atue ou cale-se'", explicou ao jornal uma fonte do governo americano.

"Não se trata de que os russos digam 'nós tentaremos e vocês suspendem'. O que diz é que a ameaça tem que desaparecer", completou.

ch-bur/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG