Obama nomeia Thomas Shannon como embaixador no Brasil

Washington, 28 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, designou Thomas Shannon, secretário adjunto para assuntos do Hemisfério Ocidental desde outubro de 2005, para ser embaixador no Brasil, informou a Casa Branca.

EFE |

Shannon, que será substituído em breve no Departamento de Estado pelo acadêmico e ex-alto funcionário de origem chilena Arturo Valenzuela, é um diplomata de carreira e uma figura muito conhecida em toda a região.

Sua nomeação, divulgada ontem à noite pela Casa Branca, coincide com a designação de uma nova embaixadora dos EUA para a Argentina, a advogada Vilma Martínez.

Obama celebrou em comunicado que "americanos distintos" como Shannon e Martínez tenham aceitado "ajudar a representar aos Estados Unidos e fortalecer" suas relações exteriores "neste momento crucial" para o país e o mundo.

Shannon ingressou no serviço diplomático em 1984 e prestou serviços como assessor especial do ex-presidente americano George W.

Bush e como diretor principal de assuntos do Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança da Casa Branca entre 2003 e 2005.

O até agora responsável diplomático dos EUA para a América Latina também serviu como diretor de assuntos interamericanos no Conselho de Segurança Nacional entre 1999 e 2000 e foi assessor político na embaixada dos EUA em Caracas entre 1996 e 1999.

Durante sua carreira como diplomata, também trabalhou como assessor especial do embaixador dos EUA em Brasília, função que ocupou de 1989 a 1992. EFE tb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG