Obama nomeia Mary Schapiro presidente da SEC

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, designou nesta quinta-feira Mary Schapiro para o comando da Securities and Exchange Commission (SEC), para tentar reerguer o órgão de regulação da Bolsa americana, desmoralizado pela crise financeira.

AFP |

Ex-funcionária da SEC, Mary Schapiro dirige atualmente a Autoridade americana de regulação da indústria financeira (Finra). Ela vai substituir no comando da SEC Christopher Cox, nomeado em junho de 2005.

"Mary é conhecida como uma reguladora inteligente e dura ao mesmo tempo", declarou Obama, ao lado de Schapiro, nesta quinta-feira durante uma entrevista coletiva em Chicago.

"A reforma da regulação será uma das prioridades legislativas do meu governo", garantiu o presidente eleito.

"Dormimos no ponto, não somente as agências de regulação, mas também algumas comissões do Congresso. Vamos ter que reforçar de forma significativa nossa ferramenta de regulação. Será uma das minhas primeiras iniciativas, e vamos divulgar um plano detalhado sobre a forma como pensamos atualizar o sistema de regulação", ressaltou.

Schapiro terá a difícil tarefa de restaurar a reputação da SEC, abalada pela pior crise financeira desde os anos 30 e pelo escândalo Madoff, uma gigantesca fraude de 50 bilhões de dólares.

Mary Schapiro, 53 anos, trabalhou na SEC de 1988 a 1993 e no governo do ex-presidente Bill Clinton, e presidiu a Autoridade de regulação do mercado das matérias-primas antes de assumir o comando da Finra.

De acordo com Jacob Frenkel, advogado especializado nos mercados financeiros que trabalhou com Schapiro na SEC como conselheiro jurídico, "poucas pessoas podem salvar a SEC da extinção, e Mary Schapiro é uma delas".

A SEC está há vários dias sob o fogo das críticas por não ter conseguido impedir a gigantesca fraude montada pelo gestor de fundos americano Bernard Madoff, detido quinta-feira passada.

No entanto, a SEC já tinha sido desmoralizada antes disso, por não ter conseguido antecipar a crise dos créditos imobiliários de risco, que começou em meados de 2007.

Um projeto de reforma da regulação, apresentado em março pelo secretário do Tesouro Henry Paulson, já sugeria integrar a SEC a um órgão de regulação mais amplo, que cobriria também o mercado das matérias-primas.

Além de Schapiro, Obama também nomeou Gary Gensler presidente da Commodity Futures Trading Commission, o órgão regulador dos mercados a termo.

Ele também designou Dan Tarullo para um dos cargos de governador do comitê monetário do Banco Central americano (Federal Reserve, Fed).

emp/sd/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG