Obama nomeia enviado para Organização da Conferência Islâmica

Washington, 13 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou hoje um de seus assessores na Casa Branca, Rashad Hussain, como enviado especial para a Organização da Conferência Islâmica (OCI).

EFE |

No cargo, Hussain aprofundará e expandirá a aliança que os EUA buscam com o mundo muçulmano, proposta em seu discurso no Cairo no mês de junho do ano passado.

Obama lembrou que Hussain é um membro da equipe da Casa Branca em quem confia, e teve um papel principal na chamada ao mundo muçulmano que fez no Cairo.

No discurso, Obama declarou que queria "um novo começo" entre seu país e os muçulmanos, "baseado no interesse e no respeito mútuos, no fato de que os Estados Unidos e o Islã não se excluem mutuamente e não é necessário que concorram".

No momento de sua nomeação, Hussain, que se formou em Direito na Universidade de Yale, era um conselheiro associado a Obama, com trabalhos vinculados à segurança nacional, novos meios de comunicação, ciência e tecnologia.

Anteriormente, tinha trabalhado no Departamento de Justiça e como assistente no Comitê Judicial da Câmara de Representantes. EFE pgp/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG