Obama nomeia enviado especial a órgão mundial islâmico

DOHA, 13 de fevereiro (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse neste sábado que está designando um enviado especial a um importante orgão islâmico para promover cooperação entre Washington e mundo islâmico. Obama afirmou num fórum mundial sobre os EUA e o mundo mulçumano em Doha, capital do Catar, por meio de uma mensagem de vídeo gravada, que está nomeando a autoridade da Casa Branca Rashad Hussain como enviado especial à organização de 56 membros da Conferência Islâmica.

Reuters |

Hussain foi nomeado vice-conselheiro associado para Obama em janeiro de 2009. Ele tem atuado como procurador no Departamento de Justiça norte-americano e como assistente do Comitê Judiciário da Casa Btanca, onde revisou leis como a USA Patriot Act, controversa lei sancionada pelo ex-presidente George W. Bush que legalizava, entre outras medidas, a invasão de lares e espionagem de cidadãos.

Hussain, que é mestre em administração pública e em estudos árabes e islâmicos pela Universidade de Harvad, graduou-se na Escola de Direito de Yale, onde trabalhou como editor do jornal legislativo de Yale.

(Reportagem de Regan E. Doherty; Texto de Firouz Sedarat)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG