O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, manteve nesta terça-feira suas tentativas de abertura com os adversários republicanos nomeando um deles, o parlamentar John M. McHugh, para o posto-chave de secretário do Exército.

A nomeação de McHugh, representante eleito por Nova York, deve ser aprovada pelo Senado.

McHugh, parlamentar desde 1993 e o republicano mais eminente na importante comissão de Defesa da Câmara dos Representantes, foi convidado a se tornar um representante republicano no Pentágono, liderado pelo secretário de Defesa Robert Gates, ele mesmo remanescente do governo republicano de George W. Bush.

Ele assumirá esse posto civil no Pentágono, responsável por todas as questões relativas ao Exército, no momento em que as capacidades dessa instituição são seriamente colocadas à prova pelas duas guerras no Afeganistão e no Iraque.

Em seus mais de 30 anos de serviço público, "é sobretudo o trabalho feito ao longo dos 16 últimos anos no Congresso, onde ele se ergueu em defesa dos homens e das mulheres que vestem o nosso uniforme, que fazem dele o mais bem qualificado para conduzir o Exército americano", disse Obama na Casa Branca.

"Ele nem sempre esteve de acordo com todas as decisões de meu governo, mas traz um patriotismo e um pragmatismo que valem o respeito dos dois lados", disse.

No momento em que Obama tenta manter a difícil promessa de fechar o campo de Guantánamo, McHugh, de 60 anos, se juntou aos republicanos para apoiar uma lei que complica a terefa do presidente, estipulando que qualquer transferência de prisioneiros do campo para o território americano deva receber a aprovação dos governadores e dos parlamentos dos Estados envolvidos.

McHugh se junta ao ex-representante Ray LaHood, nomeado secretário dos Transportes, como republicano no governo Obama. O presidente também escolheu no mês passado uma estrela em ascensão da oposição republicana, o governador do Utah (oeste) Jon Huntsman, para ocupar o importante posto de embaixador dos Estados Unidos na China.

McHugh substituirá Pete Geren, que estava no posto desde 2007.

lal/dm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.