ofendido - Mundo - iG" /

Obama nega acusações de rumores sobre filha de Palin e se diz ofendido

Barack Obama disse nesta segunda-feira que se sentiu ofendido pelas acusações de que seu partido teria sido responsável pelos rumores sobre a candidata republicana à vice-presidência Sarah Palin, e pediu à imprensa que não preste atenção às histórias sobre sua filha de 17 anos, que está grávida.

AFP |

O candidato democrata à Casa Branca falou pouco depois da revelação de que Bristol, filha de Palin, que é solteira, estava grávida e decidira ter o bebê e se casar com o pai da criança.

Mais cedo, um assessor de McCain havia condenado blogs que, segundo ele, espalharam o boato de que a governadora do Alasca havia simulado sua última gravidez para esconder a gestação de Bristol. Segundo estes sites, que não citavam nenhum tipo de fonte, Trig, filho de Palin que nasceu em maio com síndrome de Down, seria na verdade filho de Bristol.

O assessor de McCain disse ainda que algumas entradas do blog citavam o nome de Obama.

"Estou ofendido com estas afirmações, não há absolutamente nenhuma evidência de que algo nos envolva nisto", disse Obama à imprensa.

"Espero estar sendo tão claro quanto possível. Caso não o esteja sendo, vou repetir: não perseguimos as famílias das pessoas, não os envolvemos em política. Não é apropriado e não é relevante", afirmou Obama em Michigan.

"Nossos colaboradores não estão envolvidos de maneira nenhuma com isto e não estarão, e se alguma vez eu achar que um deles está envolvido em algo como isso, será demitido".

Obama fez questão de lembrar que, quando ele nasceu, sua mãe tinha apenas 18 anos.

"Recomendo firmemente às pessoas que não prestem atenção a este tipo de história. Como uma família lida com suas questões e educa seus filhos adolescentes não deveria ser assunto de nossos políticos. Espero que aqueles que me apóiam entendam que isso já passou dos limites", concluiu.

col/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG