Obama não acredita que reforma da saúde seja votada antes de setembro

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira que, na melhor dos hipóteses, a almejada reforma do sistema público de saúde não deve ser votada antes de setembro.

AFP |

"Mesmo na melhor das hipóteses (...), provavelmente não votaremos (a reforma) antes do fim de setembro ou meados de outubro. Ainda estamos tentando fazer com que emerjam os diferentes projetos das comissões" do Congresso, indicou Obama em uma reunião pública sobre o assunto em Raleigh (Carolina do Norte, sudeste).

As duas câmaras do Congresso, onde os democratas são maioria, continuam debatendo o conteúdo da reforma da saúde. No entanto, as divisões entre a Câmara dos Deputados e o Senado, e entre os próprios democratas, somadas às resistências apresentadas pela oposição republicana, dificultam uma eventual aprovação das versões preliminares do texto antes do recesso legislativo de agosto.

lal/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG