Obama manifesta pesar por morte de presidente do Gabão

Washington, 8 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, manifestou hoje seu pesar pela morte do líder do Gabão, Omar Bongo, em uma clínica de Barcelona.

EFE |

Além disso, ofereceu à família do ex-chefe de Estado e ao povo do Gabão as condolências em nome do Governo dos Estados Unidos.

Em declaração emitida pela Casa Branca, Obama assinalou que Bongo desempenhou um papel-chave no desenvolvimento do que qualificou como "uma maciça relação bilateral" entre Gabão e EUA.

"O presidente Bongo ressaltou de maneira permanente a importância de buscar a paz", disse Obama.

O presidente americano acrescentou que seu colega do Gabão transformou em prioridade a proteção dos tesouros naturais de seu país.

"Seu trabalho pela conservação e seu compromisso em favor da resolução dos conflitos em todo o continente são parte importante de seu legado", indicou.

Omar Bongo, que ficou no poder por 42 anos, morreu nesta segunda-feira, aos 73 anos, em decorrência de uma parada cardíaca na clínica Quirón, onde foi internado em maio. EFE ojl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG