Obama lidera pesquisas, mas cresce número de indecisos

O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, vence o republicano John McCain em três pesquisas para a presidência dos Estados Unidos, mas o número de eleitores indecisos cresce, revela a imprensa americana nesta terça-feira.

AFP |

A menos de quatro meses das eleições presidenciais de 4 de novembro, Obama mantém uma vantagem de 6 a 8 pontos sobre McCain, dependendo da pesquisa.

Na sondagem Washington Post/ABC News, Obama tem 50%, contra 42% para o republicano, na pesquisa CBS/New York Times, o democrata aparece com 45%, contra 39% para McCain. Já na enquete da Universidade de Quinnipiac, Obama recebe 44%, contra 37%.

Segundo a pesquisa CBS/Times, o número de eleitores indecidos subiu de 6% em junho para 12% hoje. Já a Universidade de Quinnipiac afirma que há 14% de indecisos, contra 8% em maio.

As três pesquisas mostram um firme apoio de mulheres, jovens e negros ao candidato democrata. Já os eleitores brancos estão inclinados por McCain.

"A vantagem nacional do senador Barack Obama é sólida, mas não monolítica," disse Maurice Carroll, diretor do instituto de pesquisas da Universidade de Quinnipiac.

Quando se trata de segurança nacional, McCain é apontado como o mais capaz por 50% dos eleitores, contra apenas 41% para Obama, segundo a pesquisa Washington Post/ABC News.

Na principal questão para os eleitores americanos, a situação econômica dos Estados Unidos, as três pesquisas revelam uma ampla vantagem para Obama, que tem a confiança de 53% dos eleitores, contra 39% para McCain, segundo a Universidade de Quinnipiac.

Já a sondagem CBS/Times mostra que os eleitores confiam mais em Obama para melhorar a imagem dos Estados Unidos no mundo.

col/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG