O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, aparece na frente de seu adversário, o republicano John McCain, em vários estados chave, segundo novas pesquisas divulgadas nesta terça-feira, ao mesmo tempo em que sua vantagem geral em todo o país diminuiu, a uma semana das eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Obama está 9 pontos à frente em Ohio (nordeste), com 49% contra 40% de McCain; e 7 pontos na Flórida (sudeste), com 50% contra 43%, segundo uma sondagem que será publicada na quarta-feira pelo jornal Los Angeles Times.

Os dois estados, que contam com um total de 47 delegados no Colégio Eleitoral, elegeram o republicano George W. Bush em 2000 e 2004.

No conservador estado de Nevada (oeste), uma pesquisa da Suffolk University dá a Obama uma vantagem de 10 pontos (50% contra 40%) nas intenções de voto. Nevada, com cinco delegados, também votou por Bush nas duas últimas eleições.

"A diferença de dois dígitos é uma mudança notável em relação a apenas um mês atrás, quando a pesquisa da Suffolk University apontou um empate técnico entre os dois candidatos", indicaram os autores da sondagem, a oito dias das eleições.

Esta vantagem, que supera amplamente a margem de erro da sondagem, pode ser vital para que Obama obtenha os 270 votos no Colégio Eleitoral - o mínimo necessário para chegar à Casa Branca. Em 2004, o democrata John Kerry perdeu por apenas 18 votos.

A nível nacional, no entanto, os resultados são bastante dípares. Segundo uma pesquisa publicada nesta terça-feira pelo centro de estudos independentes Pew, Obama está 15 pontos à frente de McCain (53% contra 38%), enquanto a sondagem do jornal Washington Post e da rede de televisão ABC News dá apenas 7 pontos de vantagem ao candidato democrata (52% contra 45%).

Além disso, o barômetro diário do Instituto Gallup, que publica três pesquisas elaboradas com metodologias diferentes, deu 2 pontos de vantagem ao senador por Ilinois em uma de suas pesquisas e 7 nas outras duas.

As sondagens diárias do Instituto Zogby e da Diageo apontaram nesta terça-feira uma vitória de Obama por 4 e 8 pontos, respectivamente. O barômetro cotidiano do centro Rasmussen mostra o candidato democrata à frente das intenções de voto por 5 pontos.

aje/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.