O presidente americano, Barack Obama, revogou nesta sexta-feira o bloqueio sobre um fundo americano que financia organizações pró-aborto no exterior, indicou a Casa Branca.

Em seu terceiro dia na presidência, Obama assinou uma ordem executiva anulando as restrições, informou o porta-voz Bill Burton.

O bloqueio impedia o financiamento de grupos de planejento familiar fora dos Estados Unidos, que ajudam mulheres que precisam de um aborto, fornecendo equipes médicas para as cirurgias e para o acompanhamento psicológico e pós-operatório, além de prestar assistência jurídica.

O projeto foi criado pelo presidente republicano Ronald Reagan em 1984, mas o democrata Bill Clinton acabou suprimindo o fundo, retomado depois por George W. Bush.

col/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.