Berlim, 16 jul (EFE).- O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, insiste em sua idéia de se dirigir aos cidadãos de Berlim em local aberto, durante sua visita à cidade no próximo dia 24 de julho, apesar dos receios da chanceler Angela Merkel.

O porta-voz do Governo de Berkim, Richard Meng, explicou hoje que uma equipe de assessores de Obama negocia com as autoridades berlinenses o lugar adequado, que será divulgado no final desta semana.

"Trata-se de um discurso ao ar livre e em um lugar onde todos os berlinenses possam ir", adiantou Meng.

Inicialmente, os assessores de Obama haviam escolhido o Portão de Brandeburgo como palco ideal para um discurso, no qual o candidato democrata pretende abordar as relações entre EUA e Europa.

Em princípio, Merkel expressou sua "estranheza" perante o propósito de Obama de utilizar esse emblemático lugar, onde até agora falaram dois presidentes dos EUA - Ronald Reagan e Bill Clinton-, mas nunca um candidato à Presidência.

Berlim será o único lugar de sua viagem pela Europa onde Obama fará um discurso.

Depois de sua passagem pela Europa, o candidato democrata americano irá ao Oriente Médio, onde terá encontros com representantes da Autoridade Nacional Palestina e do Governo israelense. EFE gc/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.