Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Obama indica ex-prefeito de Dallas para negociar Doha

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta sexta-feira os nomes que faltavam no seu gabinete de governo, entre eles o seu indicado para ser representante de comércio - cargo-chave nas negociações comerciais que envolvem o Brasil, como as da rodada de Doha da OMC. Obama escolheu Ron Kirk, prefeito de Dallas entre 1995 e 2001 e um dos principais pontos de contato do comitê de campanha do presidente eleito no Estado do Texas.

BBC Brasil |

Kirk será o primeiro afro-americano a assumir o cargo hoje ocupado por Susan Schwab.

Ele é lembrado por ter feito campanha a favor do livre comércio no período em que foi prefeito. Na época, fez várias viagens ao exterior para promover a cidade como uma boa escolha para parcerias na área comercial.

Entre os desafios que deve enfrentar, além de dar prosseguimento às negociações da Rodada de Doha e da Alca, a Área de Livre Comércio das Américas, está a reforma do Nafta, o Acordo de Livre Comércio da América do Norte - que Obama criticou durante a campanha.

Mickey Kantor, que ocupou o cargo entre 1993 e 1997, durante o governo do presidente Bill Clinton (1993-2001), elogiou a escolha de Obama.

"Ele é uma pessoa incrivelmente impressionante, com antecedentes maravilhosos, especialmente para esta função", afirmou ao jornal texano The Dallas Morning News.

"Para ser bem-sucedido, você tem que entender tanto o conteúdo (das coisas) quanto a política, e ele certamente entende de comércio, vindo do Texas."
Outros nomes
Além de Kirk, Obama anunciou mais três nomes para o seu gabinete nesta sexta-feira.

O presidente eleito escolheu o deputado republicano Ray LaHood para ser secretário de comércio.

Trata-se do segundo republicano escolhido por Obama para o Ministério, depois do secretário de Defesa, Robert Gates.

Durante a campanha, o presidente eleito prometeu trabalhar no seu governo com membros dos dois principais partidos americanos, o Republicano e o Democrata.

Hilda Solis, uma deputada hispânica da Califórnia, foi escolhida para a secretaria do Trabalho, e a empresária Karen Mill vai comandar o escritório de pequenas empresas.

Todas as indicações precisarão ser confirmadas pelo Senado americano.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG