Obama, Hillary e Palin são os mais admirados pelos americanos

Washington, 30 dez (EFE).- O presidente Barack Obama é o homem mais admirado pelos americanos, e a secretária de Estado, Hillary Clinton, e a ex-governadora do Alasca, Sarah Palin, estão quase empatadas no índice de apreço dos compatriotas, segundo uma pesquisa publicada hoje.

EFE |

Realizada com 1.025 pessoas pelo Instituto Gallup sob encomenda para o jornal "USA Today", a enquete mostra Obama em vantagem entre os homens, com 30% de aprovação.

Em segundo lugar e com 4% aparece o ex-presidente George W. Bush, seguido pelo ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, com 3%.

Embora o índice de popularidade de Obama tenha atingido excelentes 65% quando chegou à Casa Branca, em janeiro passado, a esteja agora ao redor de 50%, sua posição como o homem mais admirado "demonstra uma firme base de simpatizantes", segundo Frank Newport, editor-chefe da Gallup.

"Os únicos presidentes que tiveram pontuações mais altas foram George W. Bush, em 2001, após os ataques terroristas de 11 de setembro, e John Kennedy no começo de sua Presidência em 1961", conforme o jornal.

É entre as mulheres que a pesquisa mostra maior paridade: Hillary conta com 16% e Palin com 15%, seguidas pela apresentadora de televisão Oprah Winfrey, com 8%, e a primeira-dama Michelle Obama, com 7%.

"Entre as mulheres, Hillary mantém a sequência, sem precedentes, de 17 anos como a mulher mais admirada, e a segunda mulher mais admirada", assinalou o jornal.

A pesquisa abre possibilidades interessantes para o futuro político: Hillary foi uma tenaz concorrente de Obama em 2008 pela candidatura presidencial do Partido Democrata, e Palin foi a primeira mulher escolhida para concorrer como vice-presidente do Partido Republicano. EFE jab/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG