O candidato democrata Barack Obama parabenizou seu companheiro de chapa, Joe Biden, por seu desempenho no debate da véspera com a republicana Sarah Palin.

Obama afirmou, num comício em Abington (Pensilvânia), que Joe Biden esteve muito bem durante o tebate.

"Estou muito orgulhoso do Joe. Acho que os Estados Unidos viram claramente por que acho que ele será um excelente vice-presidente, em particular neste período difícil e repleto de desafios. Ele será extraordinário", afimou.

O candidato democrata também recordou um momento do debate de quinta, quando "Palin disse a Joe Biden que nosso plano para proteger a economía destruiria empregos". "Eu me pergunto se ela viu as informações dessa manhã", acrescentou, referindo-se à divulgação da taxa de desemprego.

"Quando o senador McCain e sua companheira de chapa falam de destruição de empregos, sabem bem do que falam. Porque a política que apoiaram e que continuam apoiando destrói empregos todos os dias nos Estados Unidos", destacou.

Mais cedo Obama criticou as cifras do desemprego, lamentando os nove meses seguidos de perdas de vagas de trabalho.

"Hoje os americanos despertaram com a triste notícia de que perderam 159.000 empregos só no mês passado, fazendo de setembro o nono mês consecutivo de perdas de empregos", afirmou Obama en un comunicado.

Segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos, a economia americana perdeu 159.000 empregos em setembro, depois de 73.000 em agosto, enquanto a taxa de desemprego foi de 6,1% da população ativa, o maior nível em cinco anos.

A taxa de desemprego está dentro das previsões dos analistas, mas o número de empregos perdidos é bem superior às expectativas, que ficavam em torno de 105.000.

Os números não levam em consideração os efeitos do furacão Ike, que afetou o sul dos Estados Unidos em meados de setembro.

mj-rl/fp/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.