Obama faz apelo à unidade, em ato pelo aniversário do nascimento de Lincoln

Washington, 12 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apelou hoje à figura de Abraham Lincoln, em um ato no Capitólio para comemorar o 200º aniversário do nascimento do presidente que era contra a escravidão, e lançou um apelo à unidade dos cidadãos.

EFE |

"Estamos muito menos divididos do que na época de Lincoln (1861-1865)", que presidiu o país durante a Guerra de Secessão, "mas atualmente de novo debatemos os assuntos críticos de nossa época, e os debatemos com energia", afirmou Obama.

Em um breve discurso na rotunda do Capitólio, junto aos líderes do Congresso, o presidente dos EUA lembrou o legado do ex-presidente.

"Vamos nos lembrar de que o fazemos como servos da mesma bandeira, como representantes do mesmo povo, e como participantes de um futuro comum", declarou Obama, em um momento no qual o Congresso debate um plano de estímulo econômico para enfrentar a crise.

"Este é o melhor tributo que podemos render, e o monumento mais permanente que podemos erigir a esse homem tão notável, Abraham Lincoln", assegurou.

"O presidente número 16 dos EUA nunca esqueceu, nem sequer no meio da Guerra de Secessão, que apesar de todas as divisões no fundo somos uma nação, e um povo, que compartilha um vínculo como americanos que não pode ser quebrada", disse Obama.

Em seu discurso de hoje, ele admitiu que tem uma gratidão especial em relação a essa figura histórica, considerada por muitos o melhor presidente que os EUA tiveram.

Como Lincoln, Obama começou sua carreira política na legislatura estadual de Illinois e foi depois para o Capitólio, como senador, antes de se eleger presidente. EFE mv/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG