Obama: EUA não têm culpa por todos os males da América Latina

Os Estados Unidos não podem ser culpados por todos os problemas que ocorrem na América Latina, disse nesta sexta-feira o presidente Barack Obama a seus colegas latino-americanos e caribenhos reunidos em Trinidad e Tobago.

AFP |

"A América não deve interferir em outros países, mas isto também significa que não pode ser culpada por cada problema que ocorre no hemisfério. Somos parte das mudanças que devem ocorrer", estimou Obama durante a abertura da Cúpula regional.

Segundo Obama, "os Estados Unidos já mudaram". "Não foi sempre uma mudança fácil, mas ocorreu. Então considero importante lembrar aos líderes aqui presentes que não são apenas os Estados Unidos que devem mudar. Todos têm a responsabilidade de olhar para o futuro".

Obama disse que seu país está disposto a admitir "os erros do passado" e pediu aos dirigentes latino-americanos que vejam os Estados Unidos como um "companheiro", um "amigo".

"Estou muito agradecido ao presidente Ortega, que não me culpou por coisas que ocorreram quando eu tinha três meses", brincou Obama.

Em seu discurso na Cúpula, o líder nicaraguense, Daniel Ortega, lembrou que Obama acabara de nascer, em 1961, quando ocorreu a tentativa de invasão da Baía dos Porcos (Cuba), com a ajuda dos serviços de inteligência dos Estados Unidos.

bl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG