Obama estende sanções ao Zimbábue

Washington, 4 mar (EFE).- O presidente Barack Obama decidiu nesta quarta-feira estender as sanções dos Estados Unidos ao Zimbábue, devido à persistente crise política no país africano.

EFE |

Em mensagem ao Congresso, Obama afirmou que "não foi resolvida a crise representada pelas ações e políticas de certos membros do Governo do Zimbábue e outras pessoas para prejudicar o processo democrático e as instituições".

O presidente disse ainda que essas ações e políticas colocam uma ameaça persistente e extraordinária à política externa dos EUA.

"Por essas razões, decidi que é necessário continuar a emergência nacional e manter em vigência as sanções a fim de responder a essa ameaça", assinalou Obama.

A medida representa, sobretudo, uma suspensão da ajuda econômica ao Zimbábue.

Com Robert Mugabe como presidente, o Zimbábue vive uma profunda crise econômica caracterizada por uma enorme inflação, além de uma epidemia de cólera que já matou mais de quatro mil pessoas. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG