Obama escolhe Leon Panetta como diretor da CIA

Washington - O governante eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou oficialmente, nesta sexta-feira, o nome de Leon Panetta, ex-chefe de Gabinete da Casa Branca durante o mandato de Bill Clinton, como diretor da CIA (Agência Central de Inteligência).

Redação com agências internacionais |

Obama designou também o almirante da reserva Dennis Blair para o comando do departamento de informação americano (DNI). 

Na segunda-feira, fontes democratas já haviam adiantado que Panetta seria o escolhido para a direção da CIA.

Leon Edward Panetta, 70 anos, foi chefe de gabinete de Clinton de 1993 a 2001, e ocupava o cargo de diretor do Instituto Panetta, um centro de estudos políticos na Universidade da Califórnia em Monterrey.

O ex-assessor de Clinton, que tem fama de ser um excelente administrador, não possui experiência no terreno dos serviços secretos. Ele foi escolhido por Obama por sua atitude na luta contra o terrorismo internacional.

O almirante reformado Dennis Blair, que vai para a chefia da Inteligência americana (DNI), foi até 2002 comandante das forças armadas americanas no Pacífico. Nos anos 90, Blair trabalhou para a CIA.

O DNI foi criado após os atentados de 11 de setembro de 2001, com a missão de coordenar o conjunto das agências de espionagem, incluindo a CIA.

A Agência Central de Inteligência (CIA), criada em 1947, combateu o comunismo utilizando todos os meios possíveis, até o fim da Guerra Fria (1989), antes de voltar sua atenção para as ameaças ao território dos Estados Unidos.

A CIA recebeu numerosas críticas por não ter impedido os atentados do 11 de Setembro, contra Nova York e Washington

Leia mais sobre: Barack Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG