O pacote de estímulo econômico de US$ 800 bilhões apresentado pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, foi criticado no Congresso americano por membros de seu próprio partido - o Partido Democrata. Obama, que assume o cargo em duas semanas, quer cortar impostos e criar empregos com um aumento de gastos do governo em projetos de obras públicas.

No entanto, senadores democratas criticaram o plano apresentado ao Congresso no início desta semana pelo presidente eleito.

Eles duvidam que o corte nos impostos possa estimular o crescimento econômico e ajudar a criar novas vagas de trabalho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.