Obama encontra rainha Elizabeth 2ª em visita à Grã-Bretanha

Presidente dos EUA e sua mulher, Michelle, ficarão três dias no Reino Unido como parte de giro pela Europa

iG São Paulo |

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, encontraram-se nesta terça-feira com a rainha Elizabeth 2ª no Palácio de Buckingham e seu marido, o príncipe Philip, em Londres, no começo de sua visita de três dias à Grã-Bretanha.

O casal Obama posou para fotografias junto ao casal real antes de dar início a uma cerimônia oficial de recepção. O presidente e sua mulher desembarcaram em Londres na noite de segunda-feira, antecipando sua chegada em quase 13 horas por causa da nuvem de cinzas procedente do vulcão islandês Grimsvötn.

O protocolo para uma visita de Estado estabelece que o presidente se hospede no Palácio de Buckingham, porém, por causa da antecipação inesperada, o presidente americano teve de passar a noite em Winfield House, a residência do embaixador americano em Londres.

Na manhã desta terça-feira, o príncipe Charles e sua esposa, Camilla, se dirigiram a Winfield House para receber oficialmente o casal presidencial. Obama e o príncipe Charles saíram juntos da residência do embaixador para se deslocar a Buckingham, onde Obama e Michelle se hospedarão durante duas noites.

Antes da recepção solene organizada pela rainha Elizabeth 2ª para o líder dos EUA, Obama e Michelle também se encontraram com o príncipe William e sua mulher, Kate Middleton. "Podemos confirmar que o presidente e sua mulher se reunirão brevemente com o duque e a  (títulos oficiais de William e Kate desde o seu casamento), depois de sua chegada hoje ao Palácio de Buckingham", indicou o porta-voz da Casa Real antes do encontro.

Obama, que não compareceu ao casamento de William e Kate em 29 de abril, disse que seu país ficou "fascinado" com matrimônio do filho mais velho do príncipe Charles, segundo na linha de sucessão ao trono britânico.

Nesta terça-feira, Obama deve participar de uma cerimônia na qual depositará uma coroa de flores na Abadia de Westminster e comparecerá a um jantar em sua honra oferecido pela rainha. O presidente também se reunirá brevemente com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e o líder da oposição trabalhista, Ed Miliband.

Na quarta-feira, Obama manterá uma reunião com Cameron. Depois de dois darem uma coletiva em conjunto, Obama pronunciará um discurso sobre as relações bilaterais no Parlamento britânico.

Em seu encontro com o primeiro-ministro, espera-se que ambos abordem assuntos como a luta contra o terrorismo e a situação no Afeganistão e no Paquistão após a morte do líder da rede terrorista Al-Qaeda, Osama bin Laden.

Também abordarão a intervenção da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) na Líbia, a agitação civil para exigir mudanças políticos no Oriente Médio e a crise econômica. Nesta terça-feira, em um artigo assinado em conjunto no jornal The Times, Obama e Cameron disseram que a relação entre seus países era "essencial para nós e para o mundo".

Obama visita Londres dentro de uma viagem de seis dias pela Europa que já o levou a Dublin e na qual também visitará a França, para participar da cúpula do G8, e a Polônia.

    Leia tudo sobre: grã-bretanhareino unidoirlandaobamaelizabeth 2ª

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG