Washington, 7 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou a coragem dos iraquianos que desafiaram as ameaças para ampliar sua democracia e votaram nas eleições legislativas realizadas hoje, a segunda desde a invasão americana do Iraque, em março de 2003.

"Meus cumprimentos ao povo do Iraque por sua participação nestas importantes eleições parlamentares", disse Obama em comunicado distribuído pela Casa Branca.

Obama propôs a retirada de todas as tropas de combate americanas do Iraque até o final de agosto, e a do restante das unidades no final de 2011.

O domingo eleitoral no Iraque foi marcado por ataques com bombas, morteiros e foguetes nos quais morreram pelo menos 38 pessoas e mais de 80 ficaram feridas.

Em sua mensagem, Obama diz que os americanos "expressam sua dor pela perda de vidas e prestam sua homenagem à coragem e à persistência dos iraquianos".

"Tenho um respeito imenso pelos milhões de iraquianos que não se amedrontaram com os atos de violência e que exerceram hoje seu direito ao voto", afirmou o presidente americano.

"Sua participação demonstra que o povo iraquiano escolheu moldar seu futuro com um processo político", concluiu Obama. EFE jab/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.