Obama elogia avanços do Brasil no setor de biocombustíveis

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou nesta segunda-feira para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e elogiou os avanços do Brasil na área de biocombustíveis, segundo o porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach.

BBC Brasil |

  • Obama reverte decisões de Bush na área ambiental
  • Obama quer troca de informações online para estabelecer transparência
  • Durante a conversa, de cerca de 25 minutos, Obama teria afirmado que os Estados Unidos teriam muito a ganhar com a cooperação com o Brasil no setor bioenergético e ainda prometeu continuar as discussões para a retomada da Rodada Doha de liberalização do comércio, como uma forma de enfrentar a crise econômica Segundo a Presidência da República, Obama ainda afirmou ter instruído sua equipe econômica a afinar posições com o Brasil para a próxima cúpula do G-20, marcada para o final de abril, na Grã-Bretanha.

    "O presidente Obama informou que já instruiu sua equipe econômica no sentido de coordenar-se com o Brasil para aproximar posições para a próxima cúpula do G-20", disse o porta-voz da Presidência em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira.

    O novo presidente dos EUA também convidou Lula para um encontro em Washington, no mês de março, quando o brasileiro deve viajar a Nova York para um seminário com investidores estrangeiros.

    Segundo o Palácio do Planalto, Obama também teria sinalizado que poderia realizar uma visita oficial ao Brasil ainda neste ano, durante o verão no Hemisfério Norte.

    Durante a conversa telefônica com Obama, Lula elencou os assuntos que considera prioritários na pauta de discussões entre os dois países, entre eles, "a paz mundial", o G-20, as relações com a América Latina e com a África, além da questão das mudanças climáticas e dos biocombustíveis.

    Lula ainda disse a Obama que sua vitória "pode influenciar positivamente a imagem que o mundo e , em particular, a América Latina, tem dos Estados Unidos", segundo o porta-voz da Presidência.

    Hillary

    Ainda na noite desta segunda-feira, a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, falou por telefone com o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty.

    Na conversa, de cerca de 15 minutos, Hillary teria afirmado que tomou conhecimento da viagem de Amorim ao Oriente Médio para auxiliar nas negociações de paz entre israelenses e palestinos e disse ter "apreciado" a iniciativa.

    Hillary também citou como temas importantes na pauta de discussões entre os dois governos as relações regionais, o setor energético e as mudanças climáticas.

    A secretária de Estado americana também teria elogiado o papel do Brasil como liderança regional e os progressos feitos nos setores de energia e meio ambiente.

    Hillary também teria feito votos pela rápida recuperação do vice-presidente José Alencar, que foi submetido a uma cirurgia para retirada de tumores na região do abdome entre a noite de domingo e a manhã de segunda-feira.

    Leia mais sobre: Barack Obama

      Leia tudo sobre: obama

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG