Obama e secretária de Segurança prometem promover reforma migratória

Washington, 20 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a secretária de Segurança Nacional, Janet Napolitano, asseguraram hoje a líderes de grupos pró-imigrantes, religiosos, sindicais, empresariais e policiais que promoverão a reforma migratória.

EFE |

Napolitano se reuniu hoje no prédio Eisenhower, anexo à Casa Branca, com 130 representantes de organizações de diferentes setores da sociedade que exigem que o líder americano cumpra sua promessa eleitoral e promova uma reforma migratória integral.

Obama apareceu no fim da reunião, e aproveitou para assegurar aos presentes que entende que o sistema de imigração da nação "não funciona e precisa ser regulado", afirmou o porta-voz da Casa Branca para assuntos hispânicos, Luis Miranda.

"O presidente sempre disse que começaríamos a trabalhar na reforma integral migratória este ano e estamos fazendo isso", assegurou o porta-voz.

Obama disse que a reforma migratória será uma de suas prioridades, mas reconheceu que sofrerá um atraso.

Há poucos dias, em Guadalajara, México, o governante americano disse que espera que o Congresso dos EUA prepare uma minuta para a reforma migratória até o fim do ano e a submeta à votação em 2010.

Ele advertiu que será preciso esperar para que o Congresso leve à frente outras medidas, principalmente a reforma de saúde.

O encontro de hoje foi qualificado por diferentes representantes dos grupos convidados à reunião como um "bom sinal", mas insistiram em que é necessário que o Governo passe da retórica à prática.

Na reunião não foram abordados prazos ou propostas concretas, explicou Claudine Karaski, do Fundo México-Americano para a Defesa Legal e a Educação (Maldef). EFE cae/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG