Obama e Sarkozy falam por telefone sobre Afeganistão e conflito na Geórgia

O candidato democrata à presidência dos EUA, Barack Obama, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, falaram na noite de segunda-feira sobre grandes temas internacionais como o conflito entre a Rússia e a Geórgia e a situação no Afeganistão, informou nesta terça-feira a presidência francesa.

AFP |

O senador de Illinois, que esta semana será nomeado oficialmente candidato do Partido Democrata na Convenção de Denver (Colorado, oeste dos EUA), ligou para o chefe de Estado francês, presidente em funções da União Européia (UE) para "ter sua opinião sobre a situação afegã e a crise entre Moscou e Tbilisi", destacou a mesma fonte.

A pedido de vários países da UE, Sarkozy decidiu convocar para 1º de setembro em Bruxelas uma cúpula européia extraordinária dedicada ao "futuro das relações" da UE e a ajuda à Geórgia.

Em nome da UE, o presidente francês negociou no início do conflito russo-georgiano um acordo de cessar-fogo de seis pontos, que previa principalmente a retirada das tropas russas às suas posições anteriores aos enfrentamentos.

Sarkozy recebeu Barack Obama no fim de julho no Palácio do Elysées, durante um giro internacional do candidato democrata pela Europa e o Oriente Médio.

pa/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG