Obama e Palin se encontrarão em jantar pela 1ª vez após eleições

Washington - O presidente dos EUA Barack Obama, e a governadora do Alasca, Sarah Palin, ex-candidata republicana à vice-presidência, se encontrarão amanhã em um jantar em Washington, anunciou nesta sexta-feira a Casa Branca.

Redação com EFE |

Obama deve pronunciar um discurso no jantar anual do clube Alfafa, um círculo ao qual pertencem cerca de 200 personalidades do mundo político e empresarial americano, e que realiza um banquete em Washington no último sábado de janeiro.

No evento, os membros do clube elegem um falso candidato presidencial que deve fazer um discurso.

Por tradição, os presidentes comparecem ao ato e, por exemplo, o ex-líder George W. Bush não faltou a nenhuma das edições do evento.

As câmeras de televisão não poderão filmar o jantar, e, por isso, o público em geral não poderá assistir à apresentação, mas o teor do discurso costuma vazar à imprensa, que aguarda do lado de fora.

Palin foi convidada como governadora do Alasca, e assegurou à imprensa que irá porque o presidente estará lá.

"É porque o presidente Obama estará lá. E com quanta frequência vou ter a oportunidade de jantar com o presidente? Penso em aproveitar a oportunidade", disse a governadora.

Durante a campanha, a então candidata republicana à Vice-Presidência criticou em várias ocasiões o atual líder.

A governadora acusou Obama, entre outras coisas, de "se juntar com terroristas", em alusão à sua relação com William Ayers, membro do grupo terrorista esquerdista Weather Underground nos anos 1960 e atualmente professor universitário.

Leia mais sobre Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG