Washington, 23 set (EFE) - O democrata Barack Obama é o favorito em quatro dos cerca de 12 estados considerados chave em novembro, segundo uma nova pesquisa que indica que a economia desponta como o assunto decisivo nestas eleições. A pesquisa realizada pela Universidade Quinnipiac para o The Wall Street Journal afirma que Obama tem uma ligeira vantagem sobre seu adversário republicano John McCain em Michigan - com quatro pontos a seu favor -, Minnesota - com dois pontos de vantagem -, Colorado - com quatro -, e Wisconsin - com sete. O jornal considera que a melhor notícia é a do Colorado, onde Obama tem agora quatro pontos de vantagem. Em agosto, o candidato democrata estava um ponto atrás de McCain.

Segundo o periódico, os dados mostram que Obama tem uma boa oportunidade de fazer Colorado se voltar a seu favor este ano.

McCain parece ter a possibilidade de conseguir que Minnesota esqueça sua fidelidade democrata e vote este ano nos republicanos.

Obama possui dois pontos de vantagem (47% contra 45%), dentro da margem de erro, e muito abaixo dos 17 pontos a seu favor em junho no estado que recebeu no início do mês na convenção republicana.

A pesquisa também demonstra que os três debates presidenciais que se aproximam (o primeiro ocorrerá na sexta-feira) poderiam determinar qual candidato vencerá nesses estados-chave.

Assim, um em cada quatro eleitores diz que os três debates presidenciais poderiam fazer com que mudassem de opinião.

Cada pesquisa tem uma margem de erro de 2,7 pontos percentuais, com a exceção da do Colorado, onde a margem é de 2,6 pontos.

As pesquisas foram realizadas entre 14 e 21 de setembro em meio a uma das piores semanas na história de Wall Street.

Os eleitores dos quatro estados disseram que a economia é sua preocupação número um.

Em três dos quatro estados, os eleitores disseram que Obama entende melhor a economia que McCain. Em Minnesota, há empate nesse terreno. EFE tb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.