Obama e Cowen destacam laços entre EUA e Irlanda

Washington, 17 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, destacaram hoje os fortes laços entre os dois países, em um ato na Casa Branca para comemorar o Dia de São Patrício, o patrono da Irlanda.

EFE |

Como é tradicional, Cowen entregou a Obama um vaso com um trevo irlandês, em símbolo da amizade entre os dois países, e expressou seu "agradecimento por laços tão duradouros".

O presidente americano - usando uma gravata verde, a cor nacional da Irlanda - lembrou que ele mesmo tem em sua família materna ancestrais irlandeses, e expressou sua esperança de visitar algum dia o país.

Cerca de 40 milhões de americanos se descrevem como descendentes de irlandeses.

Antes da cerimônia, Obama e Cowen se reuniram por aproximadamente 40 minutos no Salão Oval da Casa Branca, em um encontro no qual abordaram, entre outras coisas, a situação econômica mundial e os últimos eventos na Irlanda do Norte.

Na última semana, foram mortos dois soldados e um policial em dois atentados atribuídos a facções escindidas do Exército Republicano Irlandês (IRA), hoje em dia inativo.

Obama também se reúne hoje com os líderes do Executivo autônomo norte-irlandês, Peter Robinson e Martin McGuinness, em um encontro a portas fechadas no qual estava prevista a participação do conselheiro de Segurança Nacional, James Jones.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, se encontrou esta semana com representantes dos partidos políticos norte-irlandeses, incluindo Gerry Adams, o líder do Sinn Féin, o braço político do IRA.

Em declarações antes do início desse encontro, Hillary assegurou que os Estados Unidos "apoiam o processo de paz e de prosperidade na Irlanda". EFE mv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG