Obama é contra a publicação de fotos de tortura no Afeganistão e no Iraque

O presidente Barack Obama se opôs à publicação de fotos mostrando as torturas que teriam sido praticadas por soldados americanos em prisões no Iraque ou no Afeganistão sob a presidência Bush, indicou um responsável nesta quarta-feira.

AFP |

Esta decisão vai ao encontro de uma ordem da justiça e também da atitude anteriormente adotada pela administração, que parecia disposta a publicar estas fotos, apesar de suas reticências.

"O presidente reuniu sua equipe de juristas semana passada, e disse-lhe que a publicação das fotos pelo departamento da Defesa o colocaria em uma posição incômoda porque ele acha que colocaria nossos soldados em perigo, e porque acha que não apresentamos inteiramente ao tribunal o que seriam as implicações de uma publicação como esta para a segurança nacional", disse um alto responsável da administração americana sob anonimato.

Ao final desta reunião, o presidente deu a instrução de se opor à publicação "imediata" destas fotos, disse.

lal/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG