cordial após uso do termo bronzeado - Mundo - iG" /

Obama e Berlusconi mantêm conversa cordial após uso do termo bronzeado

Roma - O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou para o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, com quem manteve uma conversa longa e muito cordial, segundo uma nota do governo italiano.

EFE |

A ligação de Obama aconteceu às 22h30 de ontem, após a primeira entrevista coletiva do líder democrata em Chicago, e chegou depois da polêmica gerada por Berlusconi no mundo todo após definir o futuro presidente dos Estados Unidos como "jovem, bonito e bronzeado".

Segundo a nota do Governo italiano, durante a conversa telefônica, mantida graças à ajuda de interpretes, Obama e Berlusconi "reafirmaram a estreita relação de amizade e colaboração que existe entre os dois países" e falaram da "iminente Presidência italiana no G8".

Na "longa" conversa, que durou cerca de 15 minutos, não houve referência ao qualificativo de "bronzeado" pronunciado pelo chefe do Executivo italiano durante uma entrevista coletiva na Rússia, disseram fontes do Governo.

Berlusconi se negou ontem a pedir perdão a Obama por esta frase, quando um jornalista americano pediu que se desculpasse durante uma entrevista coletiva durante a cúpula da União Européia (UE), em Bruxelas.

"Quem tem que pedir perdão é o senhor à Itália", acrescentou Berlusconi, visivelmente irritado, enquanto se levantava, dando por terminada a entrevista coletiva.

Durante o dia de ontem, centenas de italianos enviaram e-mails aos principais jornais americanos para pedir desculpas em nome de Berlusconi ao país americano e a seu futuro presidente.

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG