Obama diz que se comprometerá com negociações sobre mudança climática

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta terça-feira que se comprometerá energicamente com as discussões sobre mudança climática e declarou que negar o problema já não é uma resposta aceitável.

AFP |


"É hora de enfrentar esse desafio de uma vez por todas. Adiar já não é uma opção. Negar não é mais uma resposta aceitável. As apostas são muito altas. As conseqüências são muito sérias", afirmou Obama.

O presidente eleito assinalou, em uma inesperada mensagem de vídeo dirigida a uma reunião de governadores de estado dos Estados Unidos sobre a mudança climática em Los Angeles, que mostrará uma nova liderança tão logo assuma o governo em janeiro.

Obama também dirigiu sua mensagem diretamente aos delegados da Conferência Anual sobre o Clima que acontecerá sob o patrocínio da ONU, de 1º a 12 de dezembro, em Poznan, na Polônia.

"Embora eu ainda não seja presidente no momento de sua reunião e embora os Estados Unidos tenham apenas um presidente de cada vez, pedi aos membros do Congresso que estarão presentes na conferência como observadores que me informem sobre o que tiver acontecido lá", declarou.

"E quando eu assumir minhas funções, podem estar certos de que os Estados Unidos vão se comprometer energicamente com essas negociações e ajudarão a guiar o mundo para uma nova era de cooperação mundial sobre a mudança climática", prometeu.

Depois de Bali, em dezembro de 2007, os 190 Estados que integram a Convenção das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas devem negociar em Poznan um futuro acordo multilateral de luta contra os gases causadores do efeito estufa.

Leia mais sobre Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG