WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse em entrevista transmitida nesta sexta-feira que não há garantias de que sanções mudarão o comportamento do Irã, mas ele disse acreditar que uma pressão internacional constante pode alterar os cálculos nucleares do país ao longo do tempo. Se a questão é, temos uma garantia de que as sanções que podemos impor agora vão mudar automaticamente o comportamento do Irã, é claro que não, disse Obama ao programa Good Morning America, da emissora ABC.

"Se formos consistentes e constantes na aplicação da pressão internacional... ao longo do tempo, o Irã, que não é um regime burro, que está bastante atento e observando o que acontece na comunidade internacional, vai começar a fazer análises diferentes, baseadas no custo-benefício, sobre se a busca por armas nucleares faz ou não sentido para eles", disse.

(Reportagem de David Morgan)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.