Obama diz que planos de Israel não contribuem para paz

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta quarta-feira que os planos israelenses de construir mais residências em Jerusalém Oriental não contribuem para o processo de paz no Oriente Médio, mas afirmou que o problema não significa uma crise com um dos mais próximos aliados dos Estados Unidos. Israel é um dos nossos aliados mais próximos, e nós e a população israelense temos uma ligação especial que não vai desaparecer, disse Obama em entrevista a um programa da rede Fox News.

Reuters |

"Mas amigos vão discordar de vez em quando", afirmou.

Israel provocou um desconforto no governo Obama na semana passada quando anunciou durante uma visita do vice-presidente norte-americano, Joe Biden, que planejava construir 1.600 casas para judeus perto de Jerusalém Oriental, irritando os palestinos.

(Reportagem de Jeff Mason)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG