Obama diz que plano de resgate evitaria catástrofe

Washington, 1 out (EFE).- O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, disse hoje que é fundamental que o Congresso americano aprove o plano de resgate financeiro de US$ 700 bilhões para evitar uma catástrofe econômica.

EFE |

"Aos democratas e republicanos que se opuseram ao plano peço o seguinte: mãos à obra. Façam o que é correto para o país porque agora é o momento de atuar", disse Obama durante um comício eleitoral no Wisconsin.

Tanto Obama como seu adversário, o republicano John McCain, devem estar presentes hoje à noite na votação que o Senado fará sobre o plano de resgate. O candidato democrata à vice e senador por Delaware, Joe Biden, também vai à sessão na câmara alta.

"Está claro que é o que devemos fazer atualmente (aprovar o plano) para impedir que uma crise se transforme em catástrofe", afirmou Obama.

O democrata ainda previu que o país entrará em uma "longa e dolorosa" recessão caso o pacote de resgate não seja aprovado.

"Milhares de empresas podem fechar. Pode-se perder milhões de empregos", advertiu.

Já McCain expressou também seu apoio ao plano de resgate durante um ato no Missouri.

"Se o projeto de resgate financeiro voltar a fracassar no Congresso, a atual crise se tornará um desastre", alertou o republicano. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG