Washington, 29 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou hoje que o golpe de Estado em Honduras foi ilegal e que Manuel Zelaya continua sendo o chefe de Estado legítimo deste país.

Em entrevista coletiva concedida junto ao presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, Obama reiterou hoje sua condenação ao ocorrido em Honduras, onde os militares expulsaram Zelaya do país neste domingo.

EFE mv/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.