Obama diz que EUA perdem grande líder com morte de Ted Kennedy

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou hoje que com a morte de Edward Kennedy, que para ele foi o melhor senador da história contemporânea americana, o país perdeu um grande líder.

EFE |

  • Democratas exaltam legado deixado por Ted Kennedy
  • Nancy Reagan lamenta morte de Ted Kennedy
  • Morte de Ted Kennedy deixa vazio na política dos EUA
  • Caio Blinder: Ted Kennedy, um gigante no nome e por seus méritos
  • Em comunicado divulgado ainda de madrugada, Obama - de férias em Massachusetts, perto do local onde o senador morreu - falou da tristeza com que ele e sua mulher, Michelle, receberam a notícia da morte do "querido amigo Ted".

    AP

    Ted era um dos políticos mais respeitados dos EUA

    O presidente reconheceu o grande legado deixado pelo senador que, mesmo doente, foi à convenção democrata em Denver, em agosto do ano passado, para dar seu apoio.

    "Durante cinco décadas, cada peça da legislação aprovada em matéria econômica, de direitos civis ou de saúde dirigida a melhorar a qualidade de vida dos americanos teve a marca de Ted Kennedy ou foi resultado de seus esforços", disse Obama.

    O presidente agradeceu também pelo suporte que recebeu do senador quando chegou ao Senador, assim como pela "confiança e apoio" dado durante a campanha à Casa Branca.

    "Um importante capítulo de nossa história chega ao fim. Nosso país perdeu um grande líder, (...) que se tornou o maior senador americano de nossos tempos", aponta Obama no comunicado enviado à imprensa.

    Leia mais sobre: Ted Kennedy

      Leia tudo sobre: euakennedypolítica - eua

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG