Obama diz que deixar de fumar é luta constante

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira que está 95% curado do vício do cigarro e que jamais fuma diante de suas filhas, mas admitiu que deixar o fumo é uma luta constante.

AFP |

"Como ex-fumante luto constantemente contra isto. Se já sofri recaídas?! Sim. Se sou um fumante diário, constante?! Não. Não fumo diante de minhas filhas. Não faço isso na frente da minha família".

"Diria que estou 95% curado, mas há ocasiões em que cedo", revelou Obama em uma coletiva na Casa Branca, um dia após assinar a lei que impõe restrições mais duras ao fumo.

ok/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG